A mente e a dor

07/11/2019   Emoções / Reumatologia

A dor é uma forma das células do corpo informarem a mente que precisa de ajuda. Se uma região do corpo está em luta contra uma infecção ou em reparação após uma lesão, a dor é forma de nos avisar que devemos ter cuidado e protegermos essa zona.

No entanto, também pode ocorrer sentirmos dor numa região que está perfeitamente saudável. O problema pode estar escondido num órgão que por causa de um erro dos neurónios na interpretação nos sinais, dá uma localização errada ao cérebro. É o exemplo das lombalgias, dor da região inferior das costas, que pode ter origem numa inflamação ou intoxicação intestinal.

 

Também pode acontecer que a região que doi está bem. E não há nenhum órgão a causar esse sintoma. Neste caso será a mente a expressar fisicamente conflitos do passado não resolvidos ou o stress atual que está a viver.

 

A mente humana tem múltiplas estratégias para atingir os seus fins. É a sua função quer gostemos ou não. Tem de assegurar que vivemos em coerência comendo, dormindo e movendo como humanos - se não o fizermos vem a dor. Tem de assegurar que lutamos pelo nosso território e somos livres - se somos oprimidos ou submissos vem a dor. Tem de assegurar que somos amados e pertencemos a um grupo - ser excluído do grupo, para a mente primitiva, poderia significar a morte.